domingo, 29 de setembro de 2013

Não o reconheci...

Em segundos busquei num oceano azul o meu passado, parece que o encontrei, mas, 
acho que não o reconheci.

É um distanciamento que está gravado num tempo chuvoso que prometia liberdade e ofereceu escravidão eterna na dor de um sonho que jamais se realizará,
 mergulhando-me num
 "mar sem fim".

Procurei o meu passado e não o reconheci, 
não pertenço mais a ele 
se é que já pertenci.

Encontrei o meu passado
 e 
definitivamente,
 não o reconheci.

Simples assim.