quinta-feira, 31 de outubro de 2013

A última palavra de Drumond. Será?


"Certa palavra dorme na sombra
de um livro raro.
Como desencantá-la?
É a senha da vida
a senha do mundo.
Vou procurá-la.
Vou procurá-la a vida inteira
no mundo todo.
Se tarda o encontro, se não a encontro,
não desanimo,
procuro sempre.
Procuro sempre, e minha procura
ficará sendo
minha palavra."
Obrigada Drumond.
Parabéns!
111 anos do seu nascimento

Simples assim.
      Mais imagens
  • Carlos Drummond de Andrade
  • Carlos Drummond de Andrade foi um poeta, contista e cronista brasileiro, considerado por muitos o mais influente poeta brasileiro do século XX.Wikipédia

  • Fonte:Pesquisa Google