domingo, 1 de dezembro de 2013

O final de semana da dinâmica do encontro.

Vivi um final de semana encantador,
recheado de contos, 
encontros, 
reencontros
 e de mergulho
 num tempo de espera,
 na espera da alegria 
que só se sabe sentir
 e pelos olhos brilhantes 
e sorriso iluminado
 conseguimos transmitir.
Os olhos não são meus...
O sorriso não me pertence....são instrumentos a serviço da paz, da mesma paz que traz Aquele que Se anuncia e nos fascina...Aquele que nasce e renasce em cada gesto que se pratica na direção do outro, do que vem e do que parte, do que chega e do que se afasta, do que ri e do que chora....isso não importa, a demanda se faz necessária e viva simplesmente porque precisamos seguir em frente sabendo que nada somos sozinhos. É uma dinâmica que nos arranca da tristeza e da solidão pois será sempre assim, no presente, na ação do momento, ...eu preciso de ti que precisa de mim na urgência do dia a dia, no desespero da hora, na partilha da vitória...
Neste final de semana ouvi muito sobre a Pedagogia do Encontro que nos foi apresentada fisicamente pelo queridíssimo Papa Francisco e nos exorta a caminhar na direção do que vem, a 'ir ao encontro de e não de encontro a'... é o tempo do com, 
da composição, 
de compor e recompor, 
de somar 
e multiplicar, 
de receber e 
de dar e 
de oferecer, 
de rir e 
de chorar junto de....
tempo de ser o que Cristo o maior comunicador de todos os tempos quer e deseja ser em nossas vidas, um prolongamento do Pai que promove a paz e alegria de viver e de ser estando unidos e irmanados na dor e na restauração.
Simples assim.