sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Celebrando a vida do irmão único e inigualável.


Te amo irmão, lembro-me, também, de você brincando com uma latinha de massa de tomate nas costinhas gritando "óia o gáiiixxxxxx"(esse era exatamente o som que ouvíamos). Era uma belezinha! Gordinho, moreninho brincando de casinha com a gente, as irmãs...É, não devia ser muito fácil conviver sendo o único menino entre 3 meninas, manhosas e mandonas. kkkkkkkkkkkk.

Mas, fique tranquilo, você se saiu muito bem.

Seja feliz!

Simples assim.