domingo, 12 de janeiro de 2014

Saudade de si.

A sensação de solidão muitas vezes define o nosso estado de espírito quando então a assumimos como realidade e saímos na busca do outro na tentativa de saciá-la e voltamos ao estado do antes ao  constatar que a dor e o vácuo tão dolorosos não encontra naquele o seu refúgio,  a sua cura porque era do sujeito da ação a ausência sentida e inabalável da solidão.

Mude o foco, buscando em si mesmo o olhar perdido e não encontrado no outro depositado.

"Ergue a mão e encontra a era e vê que ele mesmo era a princesa que dormia" (Fernando Pessoa)

Simples assim.