quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Começar de novo....

Há um resgate urgente a ser feito nas decepções.O resgate do seu "ser" e do seu "modus operandi" gerados e gestados na sua essência antes da situação que a provocou: buscar achar-se, encontrar-se para poder recomeçar que com certeza será mais simplificado. 

Às vezes buscamos a resposta no presente, no meio da dor e blindados por esta deixamos nos enredar pela acusação, pela mágoa, pelas tristezas e abandonos profundos e mergulhamos no lodaçal da entrega. 

Aí, fica tudo muito difícil!

Mesmo patinando, é preciso tentar, tentar e tentar e é focando nesse resgate criamos a possibilidade de transformar essa dor em impulso para uma renovada oportunidade de começar de novo, criando novos apegos, renovando olhares, caras e bocas, ensaiando novos sorrisos, novas seduções, novas provocações...





Simples assim.