sábado, 22 de fevereiro de 2014

Lamentando o lamento.

Choro e paro.
Paro e choro.
Choro e paro.
Paro e choro.
Choro e paro.
Paro e choro....

E lamento tanto!

Simples assim.