quarta-feira, 5 de março de 2014

Louve pela sua capacidade de amar.

Não deixe que o objeto do seu amor frustrado te diga que você não nasceu para ser feliz.

Lute, mantenha-se lúcido, mantenha-se lúcida e evidencie a sua capacidade de amar, pois não foi você que não deu certo, foi uma circunstância, uma fase, apenas mais uma história de amor que durou o tempo que tinha para durar.

Amar é um dom, um presente de Deus!


Simples assim.