quinta-feira, 13 de março de 2014

"Põe tuas delícias no Senhor....

Eu e a minha querida amiga Leninha, costumamos dizer que depositamos nossas angústias e desesperanças nas mãos do Senhor e quando Ele as está conduzindo vamos lá e as tomamos de volta. Na verdade não percebemos que as 'coisas' melhoram por conta dessa entrega, desse despojamento e 'achamos' que como está tudo sob controle retomamos à vida velha e à embalar as mesmas dores.

E daí, vem o Senhor e nos convida à depositar as nossas dores, nossas lágrimas e mesmo as nossas 'delícias' em seu regalo confiando a Ele a nossa sorte e nos exalta a exercitar a fé e a esperança.

Há 12 anos ouço essa Palavra e em especial nesse ano de 2014 ela tem se revelado em minha vida com tal insistência que só não perde para a minha teimosia em não escutá-la e na minha desobediência quando não entrego as minhas 'noites escuras' aos cuidados do nosso Pai amado, orando e implorando pelo silêncio total das minhas inquietações. Afinal, sou testemunha da Sua bondade pois já experimentei a Sua infinita misericórdia que nos cura e nos redime e à ela imploro...
liberta-me, 
cura-me, 
restaura-me...

É assim que Deus age em nossas vidas, Ele transforma as nossas dores em lenitivos, em caminhos indicativos de felicidade, basta acreditar e se entregar...

E aí vamos aceitar esse convite e, finalmente acreditar, que chegou o nosso tempo de ser feliz, irremediavelmente feliz?

Seremos felizes somente por conseguirmos 'esperar no Senhor'.

Simples assim.