quinta-feira, 3 de abril de 2014

Deus aqui na terra, meu pai.

Sempre que ligo para a casa dos meus pais e a minha mãe não está é o pai que atende.

E que voz! É linda de saborear!

Não sei vocês, mas ouvir a voz forte, grave e linda do meu pai, enche o meu coração de alegria e de segurança.
Volto a ser criança quando essa voz me assustava ao mesmo tempo que me confortava.


O Padre Léo dizia que para sabermos como é o rosto do nosso Pai amado é só imaginá-lo com as feições do pai da gente daqui da terra, gosto de imaginar que a voz Dele também é igual a do seu Manoel João.


Com vocês é assim também?

Não tem preço.



Simples assim.