sexta-feira, 22 de agosto de 2014

O amor valorizando o amar.

"Precisamos cuidar das urgências da vida" (Padre Fábio de Melo(*), no Programa Direção Espiritual, TV Canção Nova) com responsabilidade, afinco e dedicação. É urgente amar e dar a conhecer esse amor e torcer para que o outro se abra e recepcione essa possibilidade de felicidade. Não é fácil. Amar requer responsabilidade e cuidar, incessantemente, do outro de maneira que o amor seja praticável e eficaz.

Precisamos mudar a nossa maneira de amar e de receber amor, precisamos nos abrir para que esse amor suscite o nosso melhor e que o diálogo se sobressaia e que com nossas lábios e com nossos corações possamos valorizar o ser amado pois é assim, e somente assim, que nos valorizaremos também.

Amar o outro, é antes de tudo, amar a si mesmo, como Jesus nos ensinou. "Se não amamos Deus em nós, não amamos Deus no outro" (*) e nem o amamos sobre todas as coisas e criaturas.

Simples assim.


Fonte: www.jornal.rioniteroinoticas.blogspot.com.br