terça-feira, 23 de dezembro de 2014

Amando o 'feridor'.

Como pode o coração ferido e machucado justificar aquele que o fere isentando-o da perigosa e temida culpa?

Como saber?
Como entender?

É...vai saber... o negócio é deixar sentir.

Simples assim.