segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Se me fosse dado um dia...


"O relógio do coração hoje descubro, bate noutra frequência daquele que carrego no pulso. Marca um tempo diferente, de emoções que perduram e que mostram o verdadeiro tempo da gente. Por este relógio, velhice é coisa de quem não conseguiu esticar o tempo q temos no mundo. É olhar as rugas e não perceber a maturidade. É pensar antes naquilo que n foi feito, ao invés de se alegrar e sorrir com as lembranças do que viveu. Pense nisso. E consulte sempre o relógio do coração: ele lhe mostrará o verdadeiro tempo do mundo. O tempo. A vida é o dever q nós trouxemos para fazer em casa. Quando se vê, já são seis horas! 
Quando de vê, já é sexta-feira! 
Quando se vê, já é Natal. Quando se vê, já terminou o ano. 
Quando se vê perdemos o amor da nossa vida. 
Quando se vê passaram 50 anos! Agora é tarde demais p ser reprovado. Se me fosse dado um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio. Seguiria sempre em frente e iria jogando pelo caminho a casca dourada e inútil das horas".M.Quintana.
É isto, simples assim.
Chega de adiar a vida.
Porque, o depois?
Ah, vai saber, né?

Boa noite!💋🙋👍