domingo, 4 de setembro de 2016

Solfejos nos braços da felicidade!

Pois é, a vida é assim formada por belos e pequenos instantes tão intensos que renova o nosso ser. Pode ser um breve sorriso, suspiro, abraço, aperto, beijo, sussurro e aconchego. E nos braços do outro sofejamos uma bela melodia impossível de decifrar,  tão bela e contagiante a nos embalar.
Podemos receber abraços ou oferecer abraços e afagos mesmo sem saber se o outro deles estejam necessitados o importante é que o nosso ato a este embale e nele desperta o desejo da dança, de florir e embelezar todos os jardins por onde passar, fazendo deste um mundo melhor, um mundo para amar. Abrace e deixe-se abraçar!
Faça alguém feliz!
Simples assim!
Boaaaa noiteeeee!

💋🙋🌺🌻🌹🌷🌼🌸💐💞💝❤💛💚💙💜