quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Uma vez livre, voe!

E ainda fica amargo/a, pesado/a, lesado/a parado/a no instante da mágoa julgada.
Chega de carregar pessoas ou coisas que nada acrescentam ou sentimentos que insistem em não compreender.
Seja leve.
Seja pluma, e uma vez livre, voe.
Simples assim!
Bommm tuuudoooo!