terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Segredar os íntimos segredos


Quero versar os carinhos.
E de amor fazer nosso ninho e por amor cantar.
Quero permitir que a vida seja feita de prosa.
E ouvir das notas o falar.
Inibir o medo, segredar os íntimos segredos que num coração possa morar.
Barganhar a dor pelo calor do seu pensar.
Quero carinho,
             ninho,
                  cantar,
                        falar,
                            segredar.
E em seu coração a paz encontrar.